Hocsman fala da esperança de retorno do Gauchão

Presidente salientou que apenas jogadores, arbitragem e cinegrafistas estarão em campo

Por Sidney 22/06/2020 - 09:53 hs

 

O Presidente Luciano Hocsman da Federação Gaúcha de Futebol em entrevista ao Tupanci futebol clube deste domingo salientou que durante todo o processo de elaboração do protocolo não utilizou o critério das bandeiras.  A entidade elaborou um protocolo para o final do campeonato e não um protocolo semanal. A volta do Gauchão deve ter apenas os jogadores, arbitragem, segurança e cinegrafistas para que a federação termine a competição.

A volta da volta do campeonato seria um passo de cada vez até o retorno do Brasileirão, mesmo não tendo uma data para o começo, seria uma volta gradual do futebol brasileiro. A prorrogação dos contratos já tem uma medida que passou pelo congresso a prorrogação dos contratos até o final do ano.

O protocolo estabelece ainda somente as imagens da partida serão feitas sem a presença de membros da imprensa no local do jogo com a liberação de imagens para que profissionais possam fazer a transmissão das partidas. O acordo foi feito com as duas entidades tanto a ACEG e ARFOC.

O limite para a tratativa do retorno da competição está sendo feito e a previsão de que esta semana a resposta do governo chegue para os clubes realizarem o fim da competição.  O prazo de intertemporada deve ser feito em 20 dias no máximo. A previsão do dia 19 de Julho com a situação de bandeiras parece que o campeonato com todo esse protocolo so deve sair mesmo em agosto.